Pelo menos um terço da população nos países em desenvolvimento não tem acesso a água potável. A falta de fornecimento adequado de água e de recursos de saneamento são fatores de sérios riscos à saúde e expõe muita gente ao perigo de contaminação de doenças transmissíveis pela água não tratada.Há cerca de 4 bilhões de casos de diarreia a cada ano, fora os 1,8 milhões de casos que terminam em morte. A cada dia cerca 4500 crianças morrem de desidratação devido à diarreia.

SODIS, sigla em inglês para Desinfecção Solar da Água, trata-se de um método muito simples, de baixo custo e de grande eficiência na desinfecção de água para consumo humano, a partir do uso dos raios solares. Ele melhora a qualidade microbiológica da água, usando a radiação solar UV-A e a temperatura para inativar agentes patogênicos causadores de diarreia. www.sodis
Através do uso de garrafas PET com água, deixadas por 6 horas no sol, conseguiu-se a inativação total de coliformes e de outros micro-organismos patogênicos, além da redução da mortalidade infantil e de ocorrências de diarreias em crianças.
O método consiste em utilizar uma garrafa plástica do tipo PET, seguindo sete passos principais:
> Lavar a garrafa;
> Encher até a metade;
> Agitar a garrafa;
> Completar a garrafa com água;
> Expor ao sol na posição horizontal, durante 6h ou mais;
> Esperar esfriar para consumi-la.

Abaixo temos um vídeo que explica o método:

Caso não consiga visualizar o vídeo, clique aqui!
Para saber mais : Sodis

5 Replies to “Tratamento de Água que Usa Somente o Sol e Garrafa Pet”

  • Se o efeito é mesmo como o descrito no texto, acho que esta é uma idéia para ser amplamene divulgada.
    Vocês transcreveram de algum site que merece respeito? Ou alguma autoridade sanitária, por exemplo, leu-a e a aprovou?
    Estou ineressada em reproduzir a matéria em meu Blog.
    Peço sua autorização.
    Obrigada

  • Sou enfermeiro-docente e obstétra, tenho recomendado esta metodologia, aqui na região amazônica, porém da seguinte forma:
    – Usar uma Garra PET 2 litros transparente, encher de água filtrada de poço ou rio, pingar 4 gotas de hipoclorito 2%, deixar as mesmas expostas horizontalmente ao sol, por pelos menos 6 horas, e retirar para evitar o aumento de sua acidez. Ainda não fiz um teste microbiológico e químico desta água, mas eu mesmo já consumni e não sofrir nada.

    Atuo por mais de 26 anos, em Saúde Pública ( Ex-SUCAM/FUNASA ), e agora no SAMU 192, com enfermeiro das Unidades de Suporte Avançado )

    Se tiver algum estudo sobre esta minha metodologia, gostaria de receber, para reforçar em minhas palestras.

    e-mail: azzon@bol.com.br

    • Dr, recomende,mas em garrafas de vidro! Os resíduos químicos que o plástico libera com o aquecimento são altamente prejudiciais e causam câncer de mama e próstata e feminizam os homens, também!

  • http://www.huffpostbrasil.com/2014/11/19/beber-agua-de-garrafa-pet-que-esquentou-o-dia-todo-e-perigoso-pa_a_21675618/

    Garrafas de água são feitas de plástico. Mais especificamente, um tipo de plástico chamado politereftalato de etileno, o PET.
    Quando aquecido, esse material solta dois compostos químicos: o antimônio e o bisfenol A.

    O primeiro é reconhecido como cancerígeno pela Organização Mundial da Saúde. O segundo está relacionado à desregulação hormonal e a sérios problemas de desenvolvimento infantil.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *