Olá a todos!

Em nossa última newsletter falamos dos Primeiros Socorros; um tema básico a ser entendido por qualquer um que queira se aventurar pelo mundo a fora. Vimos o quão importante é estar preparado para as diversas situações que podem ocorrer a qualquer hora e em qualquer lugar.

Nesta news, falaremos sobre os 8 Princípios de Mínimo Impacto em áreas naturais que não apenas todo mundo deve saber, mas o mais importante, deve compreender e fazer a sua parte.
Estes princípios são baseados nos que foram criados pela Leave no Trace, organização norte-americana de mínimo impacto ambiental.
Assim como lá fora, temos também aqui no Brasil a Pega Leve!, que é uma campanha em favor do mínimo impacto.

1. Planejamento é fundamental
Ir a um local e não saber se lá terá água ou não é uma das conseqüências da falta de planejamento, assim como fazer caminhos muito mais longos e complicados do que o planejado. Devemos sempre pensar em tudo antes de sairmos pois, lá poderemos contar apenas conosco e como dizem, “Conheça o inimigo para que o ataque seja perfeito.”

2. Realize práticas de mínimo impacto, cuidando dos locais por onde passará
Suas atitudes irão mostrar a pessoa que você é; sempre que possível, realize os princípios evitando a aglomeração dos campings. Muitas vezes, só o fato de evitarmos de pisar em uma plantinha no meio do caminho já é uma grande atitude.

3. Traga seu lixo de volta
É comum vermos em algumas trilhas, lixo jogado no chão e lá tem permanecido até hoje porque ninguém fez questão de recolhê-lo. Faça sua parte trazendo além de todo seu lixo de volta o que achar pela frente.

4. Deixe tudo como encontrou
Evite levar “lembranças” para casa. Deixe pedras, estalactites, estalagmites, artefatos, flores, conchas, etc. onde você encontrou, para que outros também possam apreciá-los. Não toque em estruturas e artefatos históricos ou de interesse cultural, como pinturas rupestres.

5. Não faça fogueiras
Preciso explicar? Existe fogareiro pra isso!

6. Proteja e respeite a flora e a fauna.
Não caçe – nunca! E não mate os animais. Muitas pessoas vão atrás de onças por acharem que elas são uma ameaça, porém os animais só atacam quando são ameaçados ou quando não encontram mais seu alimento. Todos os animais têm por hábito evitar os seres humanos.
Se for realmente necessário pescar, pegue apenas o necessário para você comer e em áreas permitidas. Até mesmo cobras e aranhas têm seu papel na natureza; mantenha-se afastado e não os mate.

7. Tenha atitudes positivas e seja cortês com outros visitantes e com a população local
Os estranhos no local somos nós e estamos na casa dos outros, portanto devemos respeitá-los e não passar do limite.

8. Lembre-se que você é responsável por sua segurança!
Não realize atividades complexas e perigosas com pessoas inexperientes e sem condições físicas adequadas. A maioria das situações de pessoas perdidas são delas não terem experiência ou por ficarem desesperadas, em vez de parar, refletir e acalmar os outros.

Abraços e até a próxima newsletter,

Christian Fuchs

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.