Olá amigos,

Na newsletter anterior, demos a dica de uma trilha para ser feita com redes ao invés da tradicional barraca, a trilha da Joatinga. Com a temperatura baixando cada vez mais lá fora esta é uma ótima oportunidade para escrever sobre como se manter aquecido, principalmente em redes.

A perda de calor do nosso corpo é uma interação complicada que envolve condução, convecção, radiação, evaporação e respiração. Para o máximo conforto, gerenciar a perda de calor também significa gerenciar a umidade do corpo através da respiração e transpiração.
Os exemplos seguintes podem ajudar a ilustrar a batalha para que o corpo humano mantenha-se aquecido:
Define-se condução a transferência de calor de um objeto aquecido a outro frio, quando os dois estão em contato direto, como por exemplo, quando o corpo esta em contato com ar gelado ou com uma roupa molhada. A transferência através de convecção envolve movimento, como uma corrente de ar que carrega o calor para longe. Radiação é a transferência de calor através do espaço tal como a radiação de calor do sol na terra. Transferência de calor evaporativa evolve o calor necessários para evaporar a umidade liberada pelos poros. E por último a perda de calor expelida através da transpiração.

Um estudo científico descobriu que o corpo humano perde até 76% do calor através da condução, convecção e radiação; os 24% restantes é perdido através da evaporação, transpiração e respiração.

A boa noticia é que modernos materiais hi-tech estão nos dando muita munição para combater a perda de calor. Isolamentos de espessuras grossas com minúsculos espaços de ar “morto” usados em sacos de dormir e isolantes térmicos, e grossas roupas como fleece, são muito efetivas contra a perda de calor através da condução e convecção. O ar é um dos melhores isolantes térmicos conhecidos e o segredo dessas roupas é manter o máximo de ar retido ao seu redor. Tecidos com fios entrelaçados, a prova de vento e refletivos podem consideravelmente reduzir a perda de calor através da convecção e radiação, mas em contra partida retém condensação indesejada. A perda de calor através da evaporação é a mais difícil de ser combatida. A umidade aumenta em 13 vezes a perda de calor. Dica útil: nunca durma com as meias que vc caminhou, principalmente se forem de algodão. O seu pé não vai esquentar nunca!

Todos nós já ouvimos falar que cores escuras “absorvem” mais o calor da radiação solar que as cores claras. O que acontece na realidade é que as cores escuras simplesmente transferem a maior parte do calor da radiação solar para a sua pele, enquanto a as cores claras refletem parte desse calor. Então partindo do princípio que você é a fonte de calor em um saco de dormir, usar cores claras em volta de seu corpo irá refletir o calor de volta ao seu corpo, enquanto que as cores escuras irão permitir que o calor escape mais facilmente. Esta é provavelmente a razão porque os ursos polares são brancos.

Como já foi dito na newsletter nr. 4, o uso de isolante auto-inflável ou eva expandido ajuda bastante no isolamento. O auto-inflável oferece um melhor desempenho e conforto, devido à camada maior de ar que ele retém. Prefira sempre os que tem a propriedade antiderrapante, o mais indicado para ser usado em redes, evitando de você não acordar fora dela.

Outras dicas que não envolvem a compra de equipamentos extras são as seguintes:
Evite o vento, armando sua rede em locais protegidos. Basta procurar árvores ou rochas no lado protegido da montanha ou pico e prestar atenção na direção do vento. Se o vento estiver entrando longitudinalmente pelo toldo da rede, vai haver maior troca do ar e consequentemente, maior resfriamento.
Coma bem e constantemente. Nosso corpo produz calor consumindo calorias, principalmente quando estamos dormindo. Estar mal alimentado significa que o corpo irá produzir menos calor. Ingerir alimentos quentes à noite ajudam também no frio, principalmente líquidos como sopas e chás, que têm poder calorífero. Você sente isso depois de tomar uma boa xícara de chá quente, não?
Quase 70% da perda de calor é através da cabeça, então esteja certo que ela estará bem protegida. Se ela não estiver aquecida o corpo irá diminuir a circulação sanguínea (aquecimento) para seus pés, pernas, mãos e braços com o objetivo de reaquecer sua cabeça.

A conclusão que podemos tirar deste tema é que o grande impacto do frio esta diretamente relacionado ao conhecimento sobre o mesmo. Aqueles que conseguem dominar o assunto, suas causas e conseqüências, estão menos suscetíveis a uma noite fria e mal dormida. Se prepare bem e passe a noite sorrindo!

Abraços, até a próxima newsletter.

Christian Fuchs

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *