Eba, a Kampa Agora Tem um Canal no Telegram

Resolvemos criar um canal no Telegram para ter um contato mais intimo <3 com os usuários dos produtos da Kampa e os entusiastas do mundo ao ar livre. Screenshot_20160302-105358

Para quem nunca ouviu falar do Telegram fica a dica: Ele é um app similar ao Whatsapp só que sem as limitações e com muitos mais recursos. Nós usamos a mais de um ano e concordamos: Telegram > Whatsapp

O nosso objetivo com este canal é compartilhar a nossa experiência através de listas e gráficos com representação visual das informações, estatísticas, etc. sobre aventura, camping e atividades ao ar livre. Vamos também na medida do possível estimular atitudes relacionadas aos hábitos de consumo que ajudam a poupar os recursos naturais, gerar menos resíduos e minimizar seu impacto sobre o meio ambiente e claro fotos e vídeos de uso dos equipamentos não vão ficar de fora.

Enfim, esta é uma tentativa de nos aproximar mais dos verdadeiros responsáveis pela existência da Kampa: vocês tod@s!

Bom, nos vemos lá: https://telegram.me/Kampa_Oficial

 

Como Fazer Seu Próprio Alforje

Você que pretende fazer uma cicloviagem com certeza irá precisar de um alforje, e se ele for impermeável melhor ainda. Vimos algumas fotos de um alforje feito de balde de margarina e ficamos curiosos para saber se esse treco funcionava e como seria o “faça você mesmo”. Descobrimos que a Malu Bruder, integrante do lindo e inspirador projeto Balanceando, esta viajando desde Set/14 com um alforje deste tipo e ela nos garantiu que além de impermeável é feito com material reciclado. Pedimos à ela para escrever um pouco sobre esta genialidade e ela nos atendeu prontamente.

Com vocês Malu e seu alforje “All Happy Day”:

Antes de sair para minha atual viagem de bicicleta comecei a pesquisar sobre alforjes, estava começando uma viagem longa e os dois alforjes de nylon que eu já tinha não seriam suficientes para acomodar todo o equipamento necessário. Queria que os alforjes fossem impermeáveis porque nas minhas cicloviagens anteriores não achei nada prático manter tudo em sacolas plasticas e em caso de chuva forte sempre acabava umedecendo alguma coisa.

11182192_1582494568691372_6467211939034289198_n

Pesquisando vi que o modelo mais recomendado era um alforje alemão que a maioria das pessoas dizia ser durável e impermeável, mas antes de compra-lo pensei junto com a minha prima, que esta viajando comigo, em tentar construir um alforje com materiais recicláveis. Foi ai que eu encontrei na internet diversos modelos feitos com recipientes plásticos quadrados ou retangulares com tampas.

Procuramos esses recipientes em restaurantes e lanchonetes e conseguimos uns de maionese e de gengibre, também conseguimos uma caixa retangular de sabão em pó. No Brasil é muito fácil encontrar caixa de margarina com tamanho ideal (15 kg) e tampa. Com a ajuda de alguns tutoriais na internet tivemos Continue lendo “Como Fazer Seu Próprio Alforje”

A Kampa Pelo Mundo

O sonho de muitas pessoas é viajar o mundo todo, a Kampa tem o mesmo sonho e está conseguindo realizar, seus produtos já conheceram boa parte do mundo e continuaram conhecendo graças a vocês.

Abaixo está um mapa marcando a maioria dos lugares em que a Kampa já pisou, confira:

Gostou? Ajude-nos a completar mais este mapa, mande uma foto sua, através do e-mail sac@kampa.com.br, falando onde ela foi tirada para deixarmos ele mais completo ainda.

Clique aqui para visualizar o mapa maior.

 

A Rota Mais Perigosa da Espanha

Você teria coragem de andar em uma passagem cravada na parede de um desfiladeiro? Se a sua resposta for sim então que tal encarar o El Caminto del Rey

caminito-del-rey-spain
Reprodução: Site Caminto del Rey http://bit.ly/1sYAjfi

 

Localizado na encosta das hidroelétricas de Chorro e Gaitanejo na região da Málaga na Espanha, sua construção foi concluída no ano de 1905 sua intenção era servir de passagem para os operários que trabalhavam na construção da hidroelétrica do Rio Guadalhorce.

camino-del-rey-history1
Reprodução: Site Caminto del Rey http://bit.ly/1sYAjf

 

A origem do nome é por conta do Rei Afonso XIII em 1921 teve que utilizar a passagem para chegar na cerimonia de inauguração da barragem que desde então é conhecida pelo nome atual. Mas é claro que naquela época a rota não era tão perigosa quanto hoje.

Crossing-El-Caminito-del-Rey
Reprodução: Site Caminto del Rey http://bit.ly/1sYAjf

 

Por conta da ação do tempo e da falta de manutenção a passagem foi se deteriorando e em alguns pontos até desabando, atraindo assim pessoas com o espirito aventureiro, em 1999 e 2000 ocorreram alguns acidentes fatais de turistas no local desde então a organização que cuida do local decidiu fechar alguns pontos e aplicando multas para quem frequentar os locais interditados.

caminito-del-rey-deterioration
Reprodução: Site Caminto del Rey http://bit.ly/1sYAjf

 

Em março de 2014 deu-se inicio ao projeto de restauração do El Caminto del Rey que ira durar 10 meses, sendo entregue a visitação do publico no meio do segundo semestre de 2015.

Então vai querer encarar?


Para mais informações acesse: http://caminitodelrey.org/

 

 

Na Trilha da Fumaça

Que tal fazer uma trilha ao som do canto dos pássaros na companhia da fauna original da Mata Atlântica?

A trilha da Cachoeira da Fumaça se localiza na região de Paranapiacaba no estado de São Paulo, possui 7km de extensão o que da aproximadamente 3 horas de caminhada, exige um pouco de aptidão física para realiza-la por conta de seu percurso ser acidentado em alguns trechos.

523117_287301578041542_1164990532_n

Os tipos de piso da trilha variam ao longo do caminho sendo eles em terrenos alagados, dentro da mata fechada, na lama e dentro de rios. A paisagem da cachoeira faz jus ao nome, conforme a tarde vai caindo a serração vem junto sendo ela tão densa a ponto de você enxergar apenas 2m a sua frente.

60162_287301138041586_137424224_n 282323_287301064708260_484950374_n

 

Como chegar:

A melhor opção de chegar até a trilha da cachoeira da fumaça é utilizando o transporte público, pegue a linha 10 – Turquesa da CPTM sentido a Rio Grande da Serra, desça na última estação e pegue o ônibus da EMTU 424 e peça para o motorista ou cobrador te deixar no começo da trilha.

Importante: Não recomendamos você ir sozinho ou acompanhado de pessoas que não conhecem a trilha, já houveram vários relatos de pessoas que se perderam, procure um guia que conheça a trilha, para mais informações acesse: http://bit.ly/110LUT8

Aprovada a Lei que dá acesso a locais naturais no RJ

Devido a iniciativa e atuação do Clube Excursionista Petropolitano (CEP), no dia 18 de Novembro uma nova Lei Estadual entrou em vigor no Rio de janeiro, que “dispõe o trânsito por propriedades privadas para o acesso a sítios naturais públicos localizados no âmbito do estado do Rio de Janeiro”.
CachoeiraAgora com essa Lei Nº 6589 qualquer local que for considerado de interesse de visitação terá seu acesso garantido, caso o caminho ainda não tenha sido explorado, pode ser estabelecido com negociações mediadas pelos órgãos ambientais municipais ou órgãos ambientais estaduais, visando sempre o minimo impacto.

Entretanto a Lei deixa uma questão no ar, esses acessos serão gratuitos ou serão cobrados dos visitantes? O proprietário pode disponibilizar o acesso, mas e se ele cobrar uns R$500,00 para acessar a cachoeira, a montanha ou a praia? O acesso continuará restrito de uma certa forma, porém ele não estará indo contra a lei, porque na lei não especifica isso.
A Lei está aí aprovada, é uma grande vitória do montanhismo, agora vamos ver como será para implanta-la, já que o Brasil é um país patrimonialista.


Art. 1º
 É direito do cidadão o livre trânsito, nas propriedades privadas, por caminhos, trilhas, travessias e escaladas que conduzam a montanhas, paredes rochosas, praias, rios, cachoeiras, cavernas e outros sítios de grande beleza cênica e interesse para a visitação pública.

Art. 2º Os caminhos, trilhas, travessias e escaladas de que trata esta lei poderão ser delimitados pelos proprietários privados, de acordo com boas práticas que assegurem mínimo impacto.

Art. 3º Os cidadãos que transitarem pelos caminhos de que trata esta lei deverão zelar pela conservação dos ecossistemas locais, mediante a adoção de práticas de mínimo impacto, bem como não ultrapassar os limites estabelecidos pelos proprietários privados ou pelo órgão ambiental competente, conforme o caso.

Veja a Lei completa: Lei Nº 6589 DE 18/11/2013

 

Base Jump da Pedra do Baú

A Pedra do Baú fica no município de São Bento do Sapucaí, próximo a Campos do Jordão- SP. O ponto mais alto tem altitude de 1950m em relação ao nível do mar, sendo 340m de altura e 540m de comprimento.
Em 26/10/10 o complexo do Baú que abrange três formações rochosas: Pedra do Baú, Bauzinho e Ana Chata foram elevada a Monumento Natural pelo Conselho Estadual do Meio Ambiente. Pedra do Bau
Abaixo o vídeo emocionante de um base jump (salto de penhascos, prédios, atenas e pontes) realizado em Abril/2011 na Pedra do Baú:

Para saber mais e ler relatos de quem já subiu: Mochileiros.com

Escalando Como os Macacos

O maluco no vídeo abaixo é Jyoti Raju  um escalador indiano, nascido no estado de Tamil Nadu. Obteve o apelido de “Monkey King” por sua grande  habilidade em escalar paredes altas, sem nenhum tipo de proteção ou auxílio de cordas. Ele diz que desenvolveu sua técnica observando macacos.

Fonte: Wikipedia

Manobras Radicais na Bicicleta

Tim Knoll, um americano que vem a 5 anos inovando em manobras radicais numa BMX, realiza shows com sua bike em vários lugares dos Estados Unidos. O vídeo abaixo mostra alguns truques do seu repertório. Assista,  inspire-se e saia na rua para criar suas próprias manobras. Aproveite!

 

Fonte: Tim Knoll (perfil Facebook)