Eba, a Kampa Agora Tem um Canal no Telegram

Resolvemos criar um canal no Telegram para ter um contato mais intimo <3 com os usuários dos produtos da Kampa e os entusiastas do mundo ao ar livre. Screenshot_20160302-105358

Para quem nunca ouviu falar do Telegram fica a dica: Ele é um app similar ao Whatsapp só que sem as limitações e com muitos mais recursos. Nós usamos a mais de um ano e concordamos: Telegram > Whatsapp

O nosso objetivo com este canal é compartilhar a nossa experiência através de listas e gráficos com representação visual das informações, estatísticas, etc. sobre aventura, camping e atividades ao ar livre. Vamos também na medida do possível estimular atitudes relacionadas aos hábitos de consumo que ajudam a poupar os recursos naturais, gerar menos resíduos e minimizar seu impacto sobre o meio ambiente e claro fotos e vídeos de uso dos equipamentos não vão ficar de fora.

Enfim, esta é uma tentativa de nos aproximar mais dos verdadeiros responsáveis pela existência da Kampa: vocês tod@s!

Bom, nos vemos lá: https://telegram.me/Kampa_Oficial

 

Mochila Cargueira é Coisa de Índio

Poucos são os homens brancos cientes que foram os Índios sul-americanos que inventaram muita coisa que adoramos e Mochilausamos hoje em dia: o futebol, o preparo da mandioca, as redes de dormir e as mochilas cargueiras, são alguns dos exemplos, além de muitas outras invenções criadas pelos indígenas no ritmo da natureza, de maneira sustentável e ecologicamente responsável.
Os índios desenvolveram diversos modelos de bolsas e mochilas feitas com folhas e cipós trançados.
As mochilas cargueiras são feitas de trançado de cipó Titica ou o Ambé. Ambos são rígidos o que torna a mochila mais resistente possibilitando carregar a caça, frutas ou até mesmo uma criança.
Uma técnica empregada pelos índios é produzir as mochilas enquanto os cipôs ainda estão verdes, assim ela vai adquirindo aos poucos maior resistência com o envelhecimento.
Mochila3Apesar de nosso desconhecimento e falta de orgulho por estas genialidades, usufruímos muito destas invenções hoje em dia. Tamanho antagonismo foi o que motivou Andrea Bandoni a fazer um trabalho extenso de pesquisa para descobrir e documentar como estes preciosos objetos são construídos e fez nascer o livro Objetos da Floresta.


Para saber mais sobre essa surpreendente e equilibrada relação entre o homem e a natureza basta ler o e-book bilingue que esta disponível gratuitamente neste link: objetosdafloresta.com
 Fotos e vídeo extraídos do Livro Objetos da Floresta

Como Fazer Seu Próprio Alforje

Você que pretende fazer uma cicloviagem com certeza irá precisar de um alforje, e se ele for impermeável melhor ainda. Vimos algumas fotos de um alforje feito de balde de margarina e ficamos curiosos para saber se esse treco funcionava e como seria o “faça você mesmo”. Descobrimos que a Malu Bruder, integrante do lindo e inspirador projeto Balanceando, esta viajando desde Set/14 com um alforje deste tipo e ela nos garantiu que além de impermeável é feito com material reciclado. Pedimos à ela para escrever um pouco sobre esta genialidade e ela nos atendeu prontamente.

Com vocês Malu e seu alforje “All Happy Day”:

Antes de sair para minha atual viagem de bicicleta comecei a pesquisar sobre alforjes, estava começando uma viagem longa e os dois alforjes de nylon que eu já tinha não seriam suficientes para acomodar todo o equipamento necessário. Queria que os alforjes fossem impermeáveis porque nas minhas cicloviagens anteriores não achei nada prático manter tudo em sacolas plasticas e em caso de chuva forte sempre acabava umedecendo alguma coisa.

11182192_1582494568691372_6467211939034289198_n

Pesquisando vi que o modelo mais recomendado era um alforje alemão que a maioria das pessoas dizia ser durável e impermeável, mas antes de compra-lo pensei junto com a minha prima, que esta viajando comigo, em tentar construir um alforje com materiais recicláveis. Foi ai que eu encontrei na internet diversos modelos feitos com recipientes plásticos quadrados ou retangulares com tampas.

Procuramos esses recipientes em restaurantes e lanchonetes e conseguimos uns de maionese e de gengibre, também conseguimos uma caixa retangular de sabão em pó. No Brasil é muito fácil encontrar caixa de margarina com tamanho ideal (15 kg) e tampa. Com a ajuda de alguns tutoriais na internet tivemos Continue lendo “Como Fazer Seu Próprio Alforje”

Porque Produzir e Comprar Localmente

Todos sabemos que a maioria dos produtos industrializados que consumimos vem do outro lado do mundo. Desde itens baratos até itens de luxo: Eletrônicos, roupas, máquinas, equipamentos de camping, etc…
Por que não fabricamos e consumimos produtos feitos aqui mesmo no Brasil? Para responder esta pergunta escrevemos algumas divagações:

Desde os tempos da colonização acostumamos a valorizar o que vem de fora em detrimento ao produzido aqui.  Como disse Luís Câmara Cascudo no Livro Rede de Dormir  Uma pesquisa Etnográfica:
“Sempre esperamos valorização do “nacional” pela opinião estrangeira…Se houver concordância é que estamos certo. no contrário, é tempo de “corrigirmos” a usança, evitando o atraso, a retrogradação… Nossos padrões são da “gente de fora”, embaixadores das terras sábias e dos povos cultos

 

Fonte: http://bit.ly/1NOVBcf
Caramuru-guaçu, 1958 Ernesto F. Scheffel


Devido a este histórico desenvolvemos o péssimo habito de acreditar que tudo que é importado é melhor do que é produzido em terras tupiniquins, inclusive já presenciamos diversas expressões de espanto ao informar que os produtos da Kampa são feitos no Brasil, pois achavam que era importado, devido a qualidade dos mesmos.

As grandes corporações, na maioria das vezes tem o foco voltado para a obtenção cada vez maior de lucro para assim satisfazer os executivos e acionistas.

Resumidamente, o raciocínio é bem simples: Se é o custo de importar é menor do que o de produzir localmente, que venha os containers do outro lado do mundo. Muitas vezes estas importações são realizadas sem saber as origens das matérias primas nem as condições de trabalho dos operários, conforme mostra este reality que enviou blogueiras de moda para trabalhar em fábricas no Camboja.

ciclo_comercioExistem muitas vantagens de se adquirir produtos produzidos no Brasil feitos com matéria prima nacional. Alguns exemplos: Gerar emprego e renda local, aumento a capacidade de compra dos trabalhadores e fortalecimento econômico da comunidade premiando o pequeno empreendedor, reduzir a emissão de carbono, ao diminuir a necessidade de transportar produtos por grandes distâncias, etc..

Por conta destes fatores que habitam nossa crença, desde a fundação da Kampa em 2002 produzimos todos os equipamentos no Brasil, usando apenas matéria prima nacional.
Acreditamos que através desta iniciativa estamos colaborando para um país melhor e mais justo.

Reciclagem, uma Necessidade

Reciclagem

Viver numa sociedade moderna traz muitos benefícios, mas causa um dano enorme a natureza. Atualmente o volume de lixo produzido pela humanidade está num patamar altíssimo, a tal modo que mantido esse ritmo, em poucos anos não haverá mais aterros para depósito do mesmo.
Uma solução para este problema é a reciclagem, além de diminuir o volume de lixo no ambiente, a reciclagem do lixo traz muitos outros benefícios. Para iniciar sua participação no processo de reciclagem, basta começar a separar o seu lixo, assim você contribui para que todo o seu lixo tenha o melhor destino. Podemos citar como principais benefícios a economia na produção de diversos produtos e a diminuição na utilização de recursos naturais.
Para saber mais sobre o que é e como acontece a reciclagem acesse o site da ambiente brasil.

Todo Mundo Quer Salvar o Mundo…

Você também quer salvar-lo e esta muito preocupado em deixar um mundo melhor para os seus herdeiros? Te incomoda o aquecimento, o trânsito, a poluição e o lixo gerado que não tem nem idéia para onde vai? Porque não começa a fazer algo e mudar essa sua passividade? Alterando um pouquinho suas atitudes com ações simples na sua própria casa você pode fazer a diferença e influenciar amigos e vizinhos. Pratique iniciativa e comece agora. Estas mulheres estão fazendo algo por um mundo melhor. Se elas conseguem porque você não conseguiria? Assista o documentário que demonstra como pequenas atitudes de algumas mulheres fazem a diferença, neste mundo cada vez mais pasteurizado.

Produzido pelo Vitae Civilis com apoio da Oxfam e 10e20 Filmes 10e20 Filmes

Ecovia de Fato

Essa é uma Ecovia sem lavagem verde. Diferente daquela onde só veículos motorizados e que poluem o nosso ar podem trafegar. Nesta rota somente veículos não motorizados são convidados para ir de São Paulo até a praia em Santos por uma estrada cheia de verdes e acompanhado pela alegria estampada no rosto dos mais de 1500 ciclistas esperado para esta 2a edição.
O Blog Kampa esteve na 1o edição que ocorreu ano passado, onde mais de 1000 ciclistas desceram a serra e registrou tudo neste vídeo que você pode conferir abaixo:

#Serviço:
2o Passeio Cicloturístico Rota Marcia Prado 2010
Dia 18/12/2010
Maiores informações: Instituto CicloBR

Manifesto de Auto-Reparo

Manifesto Auto ReparoReciclar é coisa do passado, o ideal agora é reutilizar. Muitas vezes em nossas casas encontramos diversos objetos guardados em caixas velhas, gavetas, sotãos, garagens e etc. Apenas estão lá porque quebraram ou tiveram algum defeito e rapidamente foram substituídas por novos produtos.

Entretanto, se parassemos para pensar que há outras soluções para estas coisas, como tentar consertá-las. Dessa forma ajudaremos:

# O meio-ambiente, pois reparando nossas coisas evitamos o gasto de energia na reciclagem, diminuímos o consumismo e não acabamos com os recursos naturais do planeta.

# A economizar nosso dinheiro, consertar é grátis. Quando conseguimos fazer nós mesmos economizamos muito mais dinheiro do que substituindo por coisas novas.

# O nosso conhecimento, reparando nossos objetos aprendemos as algumas noções de engenharia e conseguimos conhecer detalhadamente o aparelho, melhorando seu rendimento.

Essas ideia são defendidas pelo manifesto de auto-reparo. Criado pelo grupo “I Fix It”, que disponibiliza manuais de diversos produtos em seu site, para você realizar seu próprio “auto-reparo”.
E agora que tal pegarmos as coisas quebradas e reaproveitá-las?
Um exemplo no Brasil de oficina de auto-reparo é a Mao na Roda, um projeto que acontece toda quinta e estimula as pessoas a aprender a realizar sozinhas reparos na sua bicicleta.
Para imprimir estas dicas, copiar e distribuir para amigos e funcionários da sua empresa, baixe o arquivo em pdf traduzido para o português e pronto para a impressão clicando no link : Manisfesto de auto-reparo

Para saber mais:  “I Fix It”

Reciclando Embalagens de Alumínio

Hoje em dia, existem inúmeros programas de reciclagem no mundo todo, em especial as latas de lixo coloridas. mas que infelizmente não são respeitados por algumas pessoas. Na maioria das vezes porque não sabemos como classificar (em papel, metal plástico, etc) e jogar no local certo um determinado produto, além disso corremos o risco de passar horas separando produtos recicláveis de não-recicláveis, que no fim não serão aproveitados e misturados com o lixo comum.
Para resolver esse difícil problema, uma empresa americana conhecida como Terracycle, desenvolveu um programa eficiente, prático e beneficente para reciclarmos embalagens de suco, bolacha, salgadinhos e de outros materias que misturam papel e alumínio.
Para colaborarmos, primeiramente, temos que nos cadastrar em uma brigada de reciclagem ou criar uma nova no site da empresa. Depois basta juntar suas embalagens, colocar numa caixa e mandar ao centro de reciclagem.Apartir daí a empresa cria e vende produtos como mochilas, bolas, cadernos, bolsas e etc. Por enquanto a Terracycle só está recolhendo embalagens de produtos Tang e Pepsico, com certeza em pouco tempo novas empresas entraram nessa também. Observação: é necessário limpar as embalagens antes de enviá-las.
A empresa está no Brasil desde março deste ano e já existe nos Estados Unidos a mais de 2 anos. Com o objetivo de salvar o meio ambiente, a Terracycle criou um novo termo para o nosso dicionário ecológico, o “upclycling”, que consiste em uma nova maneira de reciclar onde utilizamos o minimo de energia possível na transformação.
Para obter mais informações sobre essa brilhante idéia , como ajudar e como comprar os produtos acesse o site www.terracycle.com (vide os vídeos). Vamos participar e salvar o NOSSO planeta!

Hoje em dia, existem inúmeros programas de reciclagem no mundo todo, em especial as latas de lixo coloridas. mas que infelizmente não são respeitados por algumas pessoas. Na maioria das vezes porque não sabemos como classificar (em papel, metal plástico, etc) e jogar no local certo um determinado produto, além disso corremos o risco de passar horas separando produtos recicláveis de não-recicláveis, que no fim não serão aproveitados e  serão misturados com o lixo comum.

Para resolver esse difícil problema, a empresa americana Terracycle, desenvolveu um programa eficiente, prático e beneficente para reciclarmos embalagens de suco, bolacha, salgadinhos e de outros materias que misturam papel e alumínio.

Para colaborarmos, primeiramente, temos que nos cadastrar em uma brigada de reciclagem ou criar uma nova no site da empresa. Depois basta juntar suas embalagens, colocar numa caixa e mandar ao centro de reciclagem.Apartir daí a empresa cria e vende produtos como mochilas, bolas, cadernos, bolsas e etc. E para cada embalagem recolhida é doado R$0,02 para a instituição de caridade de sua preferêmcia.

Por enquanto a Terracycle só está recolhendo embalagens de produtos Tang e Pepsico, com certeza em pouco tempo novas empresas entraram nessa também. Observação: é necessário limpar as embalagens antes de enviá-las.

A empresa está no Brasil desde março deste ano e já existe nos Estados Unidos a mais de 2 anos. Com o objetivo de salvar o meio ambiente, ela criou um novo termo para o nosso dicionário ecológico, o “upclycling”, que consiste em uma nova maneira de reciclar onde utilizamos o minimo de energia possível na transformação de um novo produto.

Para obter mais informações sobre essa brilhante idéia , como ajudar e como comprar os produtos acesse o site e veja os videos. Vamos participar e salvar o NOSSO planeta!

6a00d83451bad569e2013485754dc1970c-800witerracycle

Fonte: TerraCycle, Diário do Grande ABC

Embalagem de Produto de Limpeza Reutilizável

Imagine que um dia possamos encontrar um produto de limpeza mais versátil, econômico, eficiente e o melhor de tudo que não agrida a natureza. Pronto, já podemos parar de imaginar porque isso já existe!
Este produto, criado principalmente com o entúito de proteger a natureza, foi inventado pela empresa americana Replenish e estã disponível a venda. Custando apenas 7,99 doláres, o produto multiuso tem um funcionamento simples e eficaz. Que consiste em uma garrafa Pet reclicada, encaixada a um cartucho(substituível) do líquido de limpeza que deve ser diluido em água de acordo com sua necessidade.
Rendendo quatro garrafas e feito de materiais biodgradáveis, o Replinish Pod preserva o meio-ambiente, diminuindo a quantidade de lixo jogada fora.Partindo do conceitos de Reutilzação dos três R’s da ecologia(Reduzir/Reciclar/Reutilizar).

Imagine que um dia possamos encontrar um produto de limpeza mais versátil, econômico, eficiente e o melhor de tudo que não agrida a natureza. Pronto, já podemos parar de imaginar porque isso já existe!
Este produto, criado principalmente com o intúito de proteger a natureza, foi inventado pela empresa americana Replenish e  já está disponível a venda. Custando apenas 7,99 doláres, o produto multiuso tem um funcionamento simples e eficaz. Que consiste em uma garrafa Pet reciclada, encaixada a um cartucho( substituível ) contendo líquido concentrado, que deve ser diluido em água de acordo com sua necessidade, conforme mostrado na imagem abaixo.
Rendendo quatro garrafas e feito de materiais biodegradáveis, o Replinish Pod preserva o meio-ambiente, diminuindo a quantidade de lixo jogada fora.Partindo do conceitos de reutilzação dos três R’s da ecologia (Reduzir /Reciclar/ Reutilizar).

Para mais informações sobre o produto (clique aqui).

limpador-multiuso-postsuper1

Fonte: Planeta Sustentável, Replenish